A primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul em 2019 se encerra 31 de maio, conforme programação da Secretária de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural. Deverão ser imunizados todos os bovinos e búfalos, totalizando cerca de 12,5 milhões de animais. Conforme o Departamento de Defesa Agropecuária, este ano a vacina contra a febre aftosa teve alteração na formulação, com redução na dosagem de aplicação de 5ml para 2ml. O prazo máximo para a comprovação da vacinação é de cinco dias úteis após o término da etapa. Quem não comprovar a vacinação será autuado e terá a propriedade interditada até a regularização dos procedimentos.

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.