O prefeito Márcio Amaral esteve presente, na manhã desta quinta-feira (18), no CTG Farroupilha, onde foram desenvolvidas as comemorações dos 30 anos da Saúde Mental em Alegrete, uma história construída de forma coletiva.

Ao se pronunciar, o prefeito saudou os integrantes do Sistema de Atenção Integral à Saúde Mental de Alegrete, dizendo que é um trabalho de referência. E almejou que mais pessoas sejam incluídas nesse trabalho. Cumprimentou todas aquelas pessoas que dedicam parte de seu tempo para levar carinho e acolhimento a quem tanto precisa.

Também se pronunciaram o presidente da Câmara Municipal, vereador Cléo Severo Trindade, que destacou o trabalho das pessoas que, independente de classes sociais, estão comprometidas com o bem estar de todos.

A secretária de Saúde, Bianca Casarotto, referiu-se ao trabalho na saúde mental como uma construção de muitas mãos. Citou casos de situações preocupantes na cidade, envolvendo usuários de álcool e drogas e o trabalho que realizam os Caps. “Vamos ser referência no Estado em trabalho de saúde mental, ” projetou a secretária.

A coordenadora da 10 CRS, Heili Temp, parabenizou a equipe Da Saúde Mental. Em nome dos usuários da Saúde Mental, pronunciou-se a presidente da Associação de Usuários e Familiares da Saúde Mental de Alegrete. A coordenadora do SAIS Mental, Nádia Miletto, usou a expressão gratidão para focar na construção coletiva da saúde mental do Município.

Foi mostrado um vídeo com a história dos 30 anjos de saúde mental em Alegrete e colaboradores que se somaram na construção dessa história foram homenageados com o recebimento do troféu Franco Basaglia, médico psiquiatra italiano precursor da psiquiatria democrática italiana. Os distinguidos foram Kiko e Simone Nicola, Claudiomiro Oliveira, Marta Parcianello, João Witt, Felipe e Norma Geruntio e a Administração Municipal na pessoa do prefeito Márcio Amaral. Um café festivo foi oferecido logo após a solenidade oficial de abertura da programação dos 30 anos.

Estiveram também presentes os vereadores Celeni Viana, Vanda Dorneles e Maria do Horto Salbego; João Victor Flores, do gabinete do senador Luiz Carlos Heinze; Airton Zuchetto Dutra, representando o deputado Frederico Antunes; Cleide Cáurio, do Gabinete do prefeito Márcio Amaral e a equipe dos serviços de saúde mental : Ana Cláudia Vargas, coordenadora do Serviço Residencial Terapêutico; Priscila Nunes, coordenadora do CAPS AD; Liliane Blanco Ribeiro, do CAPSi e Claudiomiro Oliveira, do CAPS II e usuários da saúde mental.

No dia 2 de agosto, na Câmara Municipal, será realizada sessão solene alusiva aos 30 anos do Serviço de Saúde Mental em Alegrete, proposição da vereadora Vanda Dorneles. 

DPCom PMA
Alair Almeida

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.