redesim

Os Servidores da Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SMICS) e fizeram uma capacitação para a implantação da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e Legalização de Empresas e Negócios (REDESIM), um sistema integrado que permite a abertura, alteração, baixa e legalização de empresas na Junta Comercial.

A capacitação foi ministrada pela empresa DBSeller, desenvolvedora do e-Cidade, software público de gestão municipal que, além de gerenciar dados como financeiro, tributário, patrimonial, recursos humanos e saúde, agora também vai agilizar a emissão do Alvará Temporário e a emissão da Certidão de Zoneamento, (conforme Plano Diretor e Atividade da empresa), serviço prestado pela SMICS.

Com a inclusão das funcionalidades da REDESIM no e-Cidade e com a capacitação dos servidores, Alegrete acaba de contemplar as exigências do convênio efetuado com o SEBRAE para a implantação do sistema no Espaço do Empreendedor, onde é disponibilizado o serviço de soluções de gestão empresarial. Para o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Arnaldo Paz Filho, a implantação torna o sistema mais atualizado, ágil e qualificado.“Estamos preparando os últimos ajustes no sistema REDESIM, que deve ser lançado ainda neste mês. A partir da REDESIM, vamos poder qualificar ainda maiso atendimento à demanda da população que quer empreender com novos negócios para o município”, acredita.

A prefeita em exercício Preta Mulazzani enfatiza o esforço da Administração Municipal em qualificar os servidores para fornecer serviços mais qualificados ao cidadão. “Buscamos com o prefeito Erasmo atualizar constantemente os fluxos de trabalho e facilitar a vida do empreendedor. As iniciativas capitaneadas pela SMICS, mas com o esforço de todo o conjunto do governo, tem refletido em reconhecimento no estado e país”,

ASSOCIAÇÃO DOS CONTADORES – No início da noite desta quinta-feira (05), o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Arnaldo Paz Filho, apresentou o sistema REDESIM ao Sindicato dos Contadores de Alegrete, no auditório do Centro Empresarial. Na oportunidade, os representantes dos sindicato receberam informações detalhadas sobre as mudanças nos fluxo dos processos para abertura de micro e pequenas empresas que ocorrerão assim que o novo sistema estiver em vigor.

Compartilhar!