O Senador Luiz Carlos Heinze esteve na tarde de segunda-feira (29) em Alegrete, reunindo-se com a equipe da Administração Municipal e vereadores da base de apoio para encaminhar as principais demandas da cidade. O encontro foi realizado no salão azul do Centro Administrativo, onde o Senador relatou sobre suas atividades em Brasília e a abrangência de seu cargo que agora não é só o representante da Fronteira Oeste, mas senador de todo um Estado que ainda tem 70 municípios sem acesso asfáltico.

Transferência de famílias

O senador Heinze reiterou, no entanto, que Alegrete tem uma atenção especial de seu gabinete porque aqui ele obteve expressiva votação. A primeira coisa que quis saber foi sobre as enchentes e aproveitou para informar que há recursos do Banco Mundial para os estados do Sul do Brasil para atender a problemas de enchente. E solicitou que Alegrete encaminhe proposta para a transferência de famílias da beira do rio. O prefeito Márcio disse ao senador que está na dependência de conseguir área, havendo dois locais em estudo. Um deles para 70 terrenos daí a possibilidade que não está afastada de transformar em apartamentos.

Ficou decidido que será feito um levantamento sobre famílias atingidas pelas enchentes e se esses casos são reincidentes nos últimos 3 ou 4 anos. Há recursos do Ministério das Cidades nesse sentido, informou Heinze.

A respeito do memorial Oswaldo Aranha, disse que já há, sinal verde para prosseguir no projeto com recursos do Ministério da Justiça. O senador quis saber com a secretária de educação, Marcia Dornelles sobre recursos do FNDE.

Asfalto para a Daltro Filho e obras no aeroporto 

A vereadora Vanda Dornelles aproveitou para entregar ao Senador Heinze um pedido de emenda parlamentar para asfaltamento de toda a rua Daltro Filho, ela falou da importância dessa via que é de escoamento de todo o transporte do frigorífico e da safra agropecuária de uma rica região produtora.

Quanto à reativação do aeroporto de Alegrete, através da escala de voos domésticos nesta cidade, Luiz Carlos Heinze historiou as tratativas desde a época do governo Dilma que prometeu implantar de 150 a 200 aeroportos em cidades estratégicas, mas acabou não acontecendo. O prefeito Márcio reforçou que seriam necessários em torno de R$ 1,1 milhão para as obras de melhorias no Aeroporto. Mas que Alegrete encaminhou mensagem a 18 parlamentares e ao Ministro Onix Lorenzonni pedindo apoio. O aeroporto de Alegrete teria ficado para uma segunda etapa, juntamente com Erechim e Vacaria que entrariam em funcionamento na virada do ano. “Não se pode deixar Alegrete para trás”, comentou Heinze sobre a questão do Aeroporto, ao afirmar que vai batalhar por esse pleito.

A respeito das demandas de Alegrete especialmente o pedido de asfalto da Daltro Filho, o senador não prometeu, mas disse que vai se empenhar com o maior carinho e, quando tiver condições, vai ajudar. Disse também que fará todo o esforço para destravar o pedido de financiamento de R$ 15 milhões junto à CEF para a Prefeitura. 

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.