Minuano FM

Notícias de Alegrete e região

Reunião da Revisão do Plano Diretor aconteceu nesta segunda-feira

Na tarde desta segunda-feira (9), no Centro Administrativo Municipal, foi realizada reunião de apresentação da revisão do Plano Diretor da cidade e discussão sobre pontos que suscitam algumas dúvidas. Durante duas horas, o representante do Consórcio 3C/Pró Cidades, responsável pelo projeto, arquiteto Tiago Holzmann da Silva, detalhou sobre as alterações no Plano Diretor.

O prefeito Márcio Amaral, que reassumiu suas funções após breve período de férias, participou do encontro, assim como secretários municipais e representantes dos mais diferentes segmentos da sociedade.

O arquiteto Tiago relatou sobre temas relacionados ao zoneamento da cidade, edificações, a criação de fundo de desenvolvimento para aplicação de recursos em melhorias urbanas, obras, habitação social e mobilidade, através da outorga onerosa do direito de construir. Também a respeito do parcelamento do solo que é o cálculo de áreas mínimas e máximas.

Após a explanação do Consórcio, foi aberta a participação do público que se manifestou na busca de esclarecimentos sobre dúvidas como do alargamento de calçadas, novo zoneamento da cidade, desmembramento de áreas, sobre os recursos do fundo proposto, a diferença entre valor venal e valor de mercado, entre outros temas.

Prefeito Márcio: ponto de equilíbrio

Ao final, o prefeito Márcio Amaral pronunciou-se sobre o debate da revisão do Plano Diretor focando na busca do ponto de equilíbrio para a nossa economia, que não pese tanto para o empreendedor e que o município possa fazer receita suficiente para os investimentos em infraestrutura necessários. Que as mudanças venham ao encontro das necessidades da população e que o ente público possa prestar serviço de qualidade. Destacou também que a partir dessa discussão possa vir do setor produtivo sugestões para melhorar. E que as distorções, com certeza, serão corrigidas para chegar ao final, se não na condição ideal, mas a mais próxima, para a melhoria da infraestrutura urbana e em última análise, a qualidade de vida da população.

Opinião do Investidor da Construção Civil

Na reunião, dois pesos pesados da construção civil em Alegrete, Ritt e Sobrosa. A respeito do debate realizado sobre a revisão do Plano Diretor, Felipe Ritt, da Ritt Empreendimentos Imobiliários, observou aspectos relacionados à altura dos prédios. A verticalidade das construções para ocupar mais espaço é tema que precisa ser ajustado. Citou exemplos de cidades na região que constroem prédios de 15 andares.

Já o construtor Jorge Sobrosa, da Construtora Sotrin, opinou que o Plano diretor está sendo bem estudado, mas tem muito a acertar ainda. A equipe que elabora as alterações é muito boa. Quanto à verticalização da cidade, com certeza é algo muito bom, mas que não tenha um custo maior, mais um imposto a pagar.

Recuperar o Protagonismo

Para o arquiteto Tiago Holzmann, do Consórcio 3C /Pró Cidades, Alegrete, com a revisão do Plano Diretor, vai recuperar seu protagonismo. Uma cidade forte precisa ter um poder público forte e uma iniciativa privada também forte. ”Estamos avançando juntos”, afirmou. Disse que haverá reuniões setoriais para questões específicas. No início de fevereiro, o Consórcio pretende entregar o Plano Diretor revisado para o Município. Somente depois é que chegará à Câmara Municipal.

Compartilhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *