Duas agências bancárias de Alegrete foram autuadas pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, através do Procon, em razão da demora no atendimento e aglomeração de pessoas. Essas agências descumpriram os decretos Federal, Estadual e Municipal de “recusar sem motivo justificado, atendendo à demanda dos consumidores de serviços”.

Uma das agências autuadas, por ser reincidente, a multa ficou em R$ 221.511,11. Já a outra agência bancária, por ser primária, o valor da multa ficou em R$ 48.835,64.

As duas agências bancárias têm o prazo de dez dias corridos para apresentar recurso de defesa.

Conforme o diretor do Procon, Geferson Cambraia, as multas têm amparo nas leis 5.222/2013 e 5.078/2016 (Municipal); 001/2011(Estadual) e 8.078/1990 (Federal). Foram várias reclamações dos consumidores por conta da ineficiência dos atendimentos dessas agências bancárias, relatou o diretor.

Compartilhar!