Nos dias 15 e 16 de agosto a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alegrete (SEDETUR) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-RS) com a parceria do Sindicato Rural de Alegrete, Associação dos Criadores de Gado Leiteiro e Produtores de Leite de Alegrete (ACRIPLEITE) e do Sicredi – Valor S, proporcionaram aos produtores de leite dos Assentamentos Novo Alegrete e Unidos pela Terra um curso sobre Reprodução e Melhoramento Genético de Bovinos de Leite.

O curso foi ministrado pelo médico veterinário José Ramos do SENAR e teve por objetivo transmitir conhecimentos sobre manejo correto dos animais, fatores que comprometem a reprodução, identificação de cio e métodos como monta controlada, inseminação artificial e transferência de embriões.

Prezar pela busca de animais com maior potencial produtivo e que apresentem características interessantes é essencial nas propriedades que desejam trabalhar e evoluir na atividade leiteira. Genética, Sanidade e Alimentação são os pilares do sucesso e devem caminhar juntos, comenta Leonardo Cera, engenheiro agrônomo da SEDETUR.
O grupo de produtores conta com um botijão de sêmen e com um integrante que é inseminador profissional de bovinos, sendo o próximo passo a aquisição de sêmen, nitrogênio e a organização do funcionamento do botijão com regras para que o inseminador possa prestar serviços para as demais propriedades.

O Programa MAIS LEITE Alegrete e instituições parceiras ainda oferecerá uma série de outros cursos entre eles, manejo de solo e pastagens, produção de alimentos conservados, gestão rural e qualidade do leite visando à capacitação e aperfeiçoamento dos produtores. A atividade leiteira tem grande potencial como geradora de renda e fixação das famílias no campo vivendo com dignidade e qualidade de vida, finaliza o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alegrete, Jesse Trindade Santos.

DPCom PMA

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.