ponte2

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (18) uma reunião que tratou da liberação total da Ponte Borges de Medeiros. A avaliação foi feita por uma equipe de engenheiros da Unipampa, coordenada por André Lübeck, a mesma que fez a vistoria anterior em outubro. Novamente a solicitação de intervenção partiu da Prefeitura do Alegrete, devido à preocupação quanto aos possíveis danos causados ainda durante o período de cheias, além da avaliação geral das condições da ponte que foi construída em 1908.

Após a reunião ficou decidida a liberação total para ônibus que fazem transporte coletivo.

Compartilhar!