A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (13) que elevará o preço médio da gasolina nas refinarias em 10% a partir de amanhã (14), na segunda alta seguida do preço dos combustíveis.

De acordo com a petroleira, o reajuste acontece na esteira de uma recuperação recente dos preços internacionais do petróleo.

Ainda assim, a gasolina da petroleira estatal — responsável por quase 100% da capacidade de refino do país — acumula queda de cerca de 40% neste ano, impactada por uma diminuição dos preços do petróleo e de seus derivados diante da propagação do novo coronavírus, que reduziu a demanda global. Em 7 de maio, a empresa havia elevado em 12% o preço médio da gasolina vendida às distribuidoras.

Compartilhar!