foto

Com um discurso que destacou o desejo de uma Universidade de excelência, contemporânea e inovadora, assumiu o cargo de reitor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) o professor Marco Antonio Hansen, em assembleia universitária de transmissão de cargo realizada na manhã desta sexta-feira, 18. Como seu primeiro ato administrativo, o novo reitor nomeou o vice-reitor, professor Maurício Vieira, e os sete pró-reitores que compõe a equipe. A gestão 2016-2019 recebe os cargos da professora Ulrika Arns, reitora de 2012 a 2015, e do professor Almir Barros da Silva Santos Neto, vice-reitor no mesmo período.

 

“Queremos uma Universidade capaz de atrair mais estudantes, mais técnicos e mais professores, para avançarmos nos caminhos do conhecimento. Para passarmos da fase de ensino de qualidade para o ensino de excelência; da pesquisa de relevância para a pesquisa de ponta; da extensão qualificada para a extensão participativa e cidadã”, salientou o novo reitor.. No ato, o professor Hansen destacou que a nova gestão trabalhará para consolidar o que existe, para posteriormente expandir, e que buscará melhorias de infraestrutura e assistência estudantil.

 

O reitor também salientou lutas e projetos futuros, como os colégios universitários, incentivos para fixação de técnicos e docentes, equiparação entre os poderes com o adicional de penosidade de fronteira, e agradeceu o apoio de discentes, docentes e técnicos. No ato foram apresentados os nomes que compõe a equipe que ficará a frente das pró-reitorias e diretorias da Instituição. “Existem novos caminhos a serem percorridos, novos desafios a serem enfrentados, novas metas a serem alcançadas e novos obstáculos a serem superados”, ressaltou Hansen.

 

Em seu discurso de despedida, a professora Ulrika Arns falou sobre o cuidado com que equipe de trabalho foi escolhida, destacou a institucionalização de procedimentos e rotinas dos diversos setores da Instituição, e reforçou os votos de sucesso aos novos reitores que hoje assumem. Ela agradeceu o trabalho desenvolvido por todos em prol da Unipampa ao longo dos últimos quatro anos, pautado no senso de compromisso, de responsabilidade e de respeito aos princípios morais e éticos, e destacou: “encerramos nosso mandato com contas auditadas e aprovadas pelo TCU, sem nenhum tipo de restrição”.

 

A agora ex-reitora da Unipampa apresentou os números de avanço da Universidade, destacando o aumento de 50% no quadro de docentes e técnicos; a ampliação em 65% o número de estudantes matriculados; a expansão da graduação e pós-graduação, hoje somando 64 cursos de graduação, mais de 30 especializações, 12 mestrados e dois doutorados; a implantação de sete Restaurantes Universitários e o início da construção das Casas do Estudante, tendo oito com obras em andamento.

 

Após a posse do vice-reitor Maurício Vieira, o professor Almir Barros da Silva Santos Neto também reforçou seu desejo pelo sucesso da nova gestão, e lembrou sobre as palavras de encorajamento recebidas pelo primeiro vice-reitor da Unipampa, professor Norberto Hoppen, na transmissão de cargo ocorrida há quatro anos. Ele citou a necessidade do trabalho em equipe, a cumplicidade com o reitor, a transparência, confiança e generosidade necessárias ao cargo, e desejou que os novos gestores componham uma dupla tão ou ainda mais forte do que as duplas formadas pelos gestores anteriores.

 

A mesa de honra foi composta pela reitora Ulrika Arns, o vice-reitor Almir Barros da Silva Santos Neto, o reitor Marco Antonio Hansen, o vice-reitor Maurício Vieira, a ex-reitora pro tempore da Unipampa, Maria Beatriz Luce, o prefeito de Caçapava do Sul, Otomar Vivian, cidade do campus de origem do novo reitor, e o deputado Estadual Luiz Fernando Mainardi, representando a Assembleia Legislativa do Estado. A cerimônia foi acompanhada pelos membros do Conselho Universitário (Consuni), o prefeito de Bagé, Dudu Colombo, a reitora da Urcamp, Lia Quintana, o diretor do Campus Bagé da Unipampa, Fernando Junges, o diretor do Campus Bagé do IFSul, Leandro Camargo, pró-reitores da gestão 2012-2015, entre outras autoridades acadêmicas e da sociedade, bem como pela comunidade universitária..

Compartilhar!