ponte do cavera

Em função das cheias, o nível da água do Rio Caverá atingiu a pista de rolamento da ponte antiga , o que nos obrigou a interdição da ponte.

Temos como limite máximo da altura da água, para garantir a segurança dos usuários de nossas pontes, o nível de  1 metro abaixo do vigamento inferior. Por isso, a ponte foi interditada, tendo como único objetivo a segurança de quem trafega no local.

Quem decidiu por esta interdição foram técnicos e engenheiros civis do Daer. O mesmo ocorreu com a Ponte do Rio Ibicuí, entre Uruguaiana e Itaqui, onde técnicos do DNIT decidiram pela interdição em função da cheia; e com a Ponte Borges de Medeiros, em Alegrete, onde técnicos da prefeitura decidiram sobre a interdição. Neste caso, inicialmente não é possível a emissão de laudo técnico de vistoria, pois toda a estrutura se encontra submersa e a própria condição de volume de água no local já indica a impossibilidade de se garantir a segurança na travessia.

 

Após a água baixar até um nivel seguro, foi realizada nova vistoria por técnicos do Daer e o tráfego de veículos leves foi liberado na Ponte sobre o Rio Caverá nesta quarta-feira, dia 30/12/2015. O desvio para veículos pesados permanece submerso e consequentemente interditado, sem previsão de liberação.

 

Não temos conhecimento sobre a liberação de veículos durante o período em que a ponte esteve interditada, tampouco sobre seleção de veículos que poderiam passar ou permissão de passagem para apenas alguns usuários, pois, para a 9ª Superintendência Regional do Daer, de Alegrete, nenhum veículo estava autorizado a trafegar sobre a ponte.

 

Atenciosamente,

Assessoria de Imprensa
Assessoria de Comunicação Social/DAER
(51) 3210-5005 / 85036901

Compartilhar!