No último final de semana, a reportagem da Minuano Fm, teve acesso à notificações enviadas pelas empresas do transporte coletivo à prefeitura.
Na entrevista exclusiva do advogado das empresas, Fábio Boeiea declara que as empresas estão pedindo socorro à população e querem ser levadas à sério pela Prefeitura.
Depois que a Minuano repercutiu a falta de transporte sem aviso pela prefeitura de quais linhas não operariam, as empresa reduziram apenas duas linhas, em vez da metade como previsto, tendo sensibilidade com a população.

Ouça:

Documentos

doc1

doc2

doc3

doc4

doc5

doc6

Compartilhar!