enchentee

O verão começou com o que a MetSul projetava como tendência para a nova estação: eventos extremos de chuva. Caiu muita água em parte do Estado com marcas de 100 mm a 200 mm em vários pontos do Oeste e do Centro-Oeste do Estado. Livramento, São Gabriel, Dom Pedrito, Quaraí, Caçapava do Sul e outras cidades atingiram 100 mm em horas ontem com acumulados no dia em algumas de 150 mm a 210 mm.

A situação é gravíssima entre Quaraí e Artigas com as cheias dos rios Quaraí e Uruguai. As águas devem continuar subindo e milhares podem deixar suas casas. O quadro igual é muito sério entre Rivera e Livramento, onde também se registram inundações. A cheia em Rivera é descrita como a pior em 35 anos. Os acumulados de chuva dos últimos dias entre Livramento, Rivera, Salto, Artigas e Uruguaiana, nos dois países, variam entre 200 mm e 400 mm. No Uruguai, até a madrugada desta quarta-feira eram contabilizados dois mortos e mais de 1500 desalojados pelas enchentes.

Preocupa também Alegrete nos próximos dias com a vazão esperada no Rio Ibirapuitã. Segue o alerta de enchente na Fronteira Oeste ao Sul de São Borja pela cheia do Rio Uruguai que pode piorar. Preocupa muito o chamado Litoral Oeste do Uruguai, onde a cheia do Rio Uruguai pode ser muito grande com um grande número de afetados em Salto e outros departamentos uruguaios.

A MetSul reforça o alerta que faz há dias sobre um cenário preocupante. Espera-se mais chuva forte a torrencial hoje em pontos do Sul e do Oeste, afetando áreas já duramente castigadas e sob inundação. Nas demais regiões, o abafamento traz chuva forte localizada e temporais isolados no decorrer desta quarta. Amanhã, centro de baixa pressão provoca chuva extremamente volumosa na Metade Oeste e que avança depois para o restante do Estado com temporais. Pode chover muito em vários pontos do Estado durante a véspera de Natal. E, pior, a sexta, o fim de semana e a primeira metade da próxima semana terão mais chuva e temporais intercalados com momentos de sol e calor. (foto do Jornal La Republica da enchente no Uruguai)

Compartilhar!