qua. jan 29th, 2020

Minuano FM

Notícias de Alegrete e região

RGE planeja investir R$ 50 milhões em Programa de Eficiência Energética em Hospitais

O Programa RGE nos Hospitais, que foi lançado na última semana, visa para o primeiro semestre de 2020, estudos de viabilidade técnica em instituições de saúde de 23 municípios: Alegrete, São Gabriel, Uruguaiana, Igrejinha, Canela, Farroupilha, Antônio Prado, Soledade, Cruzeiro do Sul, Áurea, Campinas do Sul, Getúlio Vargas, Itatiba do Sul, Jacutinga, Marcelino Ramos, Paim Filho, Severiano de Almeida, Viadutos, Braga, Chiapeta, Crissiumal, Iraí e São Martinho. Os estudos irão avaliar as condições do hospital para receber as ações da RGE, entre elas a instalação da usina fotovoltaica de geração solar de energia. Os hospitais já estão mapeados pela distribuidora.

 

São Leopoldo, 13 de janeiro de 2020. Em prol da melhoria na saúde pública em toda a sua área de atuação, a RGE – empresa do Grupo CPFL Energia – lança o Programa RGE nos Hospitais, iniciativa que ajudará instituições públicas e filantrópicas a reduzirem suas contas de energia elétrica. O Programa conta com três frentes de trabalho: ações de eficiência energética, investimento na melhoria dos hospitais e um programa de doação em conta de energia para hospitais.

O primeiro pilar de eficiência energética conta com investimento de até R$ 50 milhões da RGE, que vem sendo aplicado desde 2019, com previsão até 2021 na sua totalidade, e contempla a instalação de usinas fotovoltaicas e a substituição de lâmpadas em cerca de 100 hospitais. Ao final do Programa, é esperado que essas instituições economizem aproximadamente R$ 6 MM por ano em suas contas de energia, podendo investir o dinheiro economizado para melhoria do atendimento, beneficiando a comunidade e a região onde estão inseridos.

A iniciativa representa o maior investimento já registrado no Rio Grande do Sul em hospitais, dentro de Programas de Eficiência Energética. Estão aptas a participar da ação as instituições públicas e filantrópicas de saúde situadas nas cidades da área de concessão da RGE.

Segundo Marco Antonio Villela de Abreu, Diretor Presidente da RGE, a ação também gera ganhos ambientais. “O menor consumo de energia elétrica evita, por exemplo, o acionamento de usinas térmicas, mais caras e poluentes. Esse programa reforça o compromisso da RGE com a sustentabilidade, através de uma matriz energética renovável e limpa”, reforça Villela.

O segundo pilar dá continuidade a uma iniciativa conduzida pelo Instituto CPFL. Através do PRONON (Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica) e dos Conselhos Municipais do Idoso (CMI), o Instituto CPFL vem investindo desde 2018 em hospitais. São cerca de R$ 4,8 MM em melhorias em instituições como Hospital de Caxias do Sul-RS e Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi de Veranópolis-RS.

Os objetivos são ampliar a oferta de serviços e expandir a prestação de serviços médico-assistenciais, apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de recursos humanos – em todos os níveis, e realizar pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas.

O terceiro pilar permite que os clientes realizem doações para os hospitais através da conta de energia. Essas doações aumentam a arrecadação das instituições, permitindo que sejam feitos investimentos na melhoria das condições de atendimento. A CPFL Total, empresa do Grupo CPFL Energia, oferece esse serviço hoje para 94 hospitais nos estados do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Essa iniciativa de doação arrecada em média R$ 3,7 MM por ano, recursos que auxiliam a gestão diária dos hospitais participantes. O objetivo é expandir essa iniciativa em 2020.

Com esses três pilares de atuação, o Programa RGE nos Hospitais reforça o compromisso da companhia de atuar em conjunto com a sociedade em prol da saúde pública e o bem-estar da população.

Sobre a RGE

Responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender 2,9 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.

Os investimentos realizados pela RGE contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.

Sobre a CPFL Energia

 

A CPFL Energia, há 106 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior empresa de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

 

Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,7 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

 

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis (99,94%), maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 4.304 MW, no final de setembro de 2019.

 

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3 e ADR Nível III na NYSE. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Compartilhar!