ter. jan 28th, 2020

Minuano FM

Notícias de Alegrete e região

Pardais ainda não tem data para funcionar em estradas do RS

Após quatro meses do desligamento dos pardais nas estradas do Rio Grande do Sul, ainda não há uma previsão para a implantação dos novos equipamentos.

Em nota, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou que aguarda uma definição da justiça para dar andamento à contratação. A assinatura de documentos com a empresa vencedora leva em torno de 90 dias após a chegada do processo na autarquia.

A licitação para a implantação dos pardais teve dois pregões: um deles aguarda definição do Daer sobre a data em que será feita a assinatura do contrato. A partir daí, a empresa vencedora terá 60 dias para colocar os equipamentos que irão monitorar 68 faixas de tráfego em sete rodovias. O contrato também prevê a instalação de 16 câmeras de monitoramento e 16 leitores automático de placas. Confira os locais:

  • RS-030, entre Osório e Tramandaí;
  • na RS-040, entre Viamão e Pinhal;
  • na RS-122, entre Portão e Caxias do Sul;
  • na RS-239, entre Novo Hamburgo e Rolante;
  • na RS-240, entre São Leopoldo e Montenegro;
  • na RS-389, entre Osório e Torres
  • na RS-453, entre Venâncio Aires e Tainhas

A segunda licitação está suspensa pois uma das empresas concorrentes, que foi inabilitada por problemas na documentação, recorreu no Tribunal de Justiça. Quando for definido, o vencedor vai monitorar 25 faixas em outras sete estradas. Também estão previstas nove câmeras de monitoramento e nove leitores de placas. Confira as estradas:

  • Na RS-135,entre Passo Fundo e Erechim;
  • na RS-324, entre Passo Fundo e Nova Prata;
  • na RS-342, entre Ijuí e Cruz Alta;
  • na RS-153, entre Passo Fundo e Tio Hugo;
  • na RSC-287, entre Montenegro e Santa Maria;
  • na RSC-470, entre Nova Prata e Bento Gonçalves;
  • na RS-122, entre São Vendelino e Farroupilha.

Fonte: G1 RS

Compartilhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *