Novos números: 4.300 pessoas atingidas pela enchente em Alegrete

 

Os números atualizados  das enchentes em Alegrete foram divulgados  ao meio dia deste domingo pela Defesa Civil. Ao total, 4.355 pessoas atingidas pelas cheias. Desse total,  1.115 pessoas  estão alojadas nos abrigos coletivos espalhados na cidade. Pessoas desalojadas são 2.442, em casas de parentes, amigos  e vizinhos. O número de famílias atingidas chegou a 1.426. O rio Ibirapuitã  continuava baixando, registrando a marca de 12 m acima de seu nível normal.

Há uma contagem de 798 pessoas  que foram atingidas  pela  enxurrada e o vendaval mas que ficaram em suas casas.

   Toda a doação de alimentos, produtos de limpeza e higiene está concentrada  na loja Maçônica,  onde os jovens  da Ordem DeMolay  realizam uma das maiores arrecadações  em favor dos desabrigados. São centenas de cestas básicas que estão sendo  preparadas e entregues para famílias  cadastradas.   Um grupo de jovens está montando os Kits de limpeza para  serem usados  na limpeza das casas depois  que as águas baixarem. Em nome do grupo,  numa entrevista a uma rede de TV nesta manhã, Rui Alexandre Medeiros destacou o grandioso gesto de solidariedade dos alegretenses que estão respondendo com  significativas doações  ao apelo de ajuda a quem enfrenta  o drama de mais uma enchente.

            Outros grupos de ajuda também estão trabalhando e recolhendo  produtos alimentícios e de  limpeza. Também uma grande quantidade de roupas e calçados foram entregues e que estão sendo catalogados. A ajuda vem de fora também  através de alegretenses  que residem  em outras localidades  ou de comunidades que, sensibilizadas com  o drama de uma cidade inteira,  se unem e estão recolhendo donativos para serem enviados a Alegrete, como foram os casos de Santiago e Manoel Viana.

            Numa contagem realizada ontem, as doações ultrapassavam as 5 toneladas.

Alair Almeida – Assessoria de Comunicação /PMA

Foto: ass. Governador Eduardo Leite

Compartilhar!


Comentar com Facebook