patria

Não há vento que apague a chama do amor á pátria. A prova foi na manhã desta terça-feira (1), na cerimônia de acendimento do Fogo Simbólico na Praça Getúlio Vargas em meio à fortes correntes de vento. A solenidade que marca o início da Semana da Pátria contou com a presença de autoridades civis e militares e lideranças da sociedade.

A chama conduzida pelos alunos do Movimento da Vida e da APAE foi recebida no Monumento do Expedicionário ás 11 horas, quando o prefeito Erasmo Guterres Silva e o Ten Cel Dumani acenderam a pira. Aludindo ao tema nacional da Semana da Pátria, a diretora pedagógica da Secretaria de Educação e Cultura, Graciela Andrade, disse que “em tempos de crise faz-se necessário evidenciar tudo que temos de melhor: a solidariedade, a criatividade, a alegria, o dinamismo, a coragem do nosso jeito de ser brasileiro”. A presidente da Câmara de Alegrete, Judete Ferrari, lembrou que o Brasil viveu outras crises e superou: “já passamos por dificuldades econômicas antes e vamos passar por esta também. Nada é pra sempre”.

Para o comandante da Guarnição Militar de Alegrete, “em função do 7 de setembro aproveitamos esta semana para refletirmos mais, entretanto todos os dias é dia da pátria”, afirma Dumani. O prefeito Erasmo Silva pediu a reflexão sobre “o que cada um de nós estamos fazendo para tornarmos essa pátria mais digna”.

Compartilhar!