A Secretaria de Agricultura e Pecuária (SAP) confirmou a realização da 18ª Feira do Peixe para o dia 18 de abril próximo tendo por local a Praça Getúlio Vargas, para o comércio de pescado. A Feira é uma promoção da SAP e parcerias como a Secretaria de Saúde (Vigilância Sanitária), Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Secretaria de Finanças (ICMS), Secretaria de Infraestrutura (Iluminação), Secretaria de Educação (Som), EMATER, Piscicultura Andreghetto e Piscicultores.

No mês de março ocorreram as reuniões com os parceiros tratando sobre as boas práticas de manipulação e de comércio. Até o dia 15 de março ocorrerão as despescas, informou a coordenadora da Secretaria de Agricultura e Pecuária Gabriela Weiler.
Concomitante com a Feira do Peixe ocorre a Feira de Hortigranjeiro com a comercialização de produtos comumente consumidos na semana santa como: mandioca, batata doce, passa de pêssego, feijão miúdo, chocolate entre outros.

Secretaria de Agricultura e Pecuária estimula a Piscicultura no Município

A Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária (SAP), pasta administrada pelo secretário Daniel Gindri e coordenada pela Enga Agrônoma Gabriela Weiler, vem apoiando o desenvolvimento da cadeia produtiva da piscicultura no município de Alegrete. Através dos serviços de assistência técnica e mecanização, a SAP orienta e presta atendimento in loco aos agricultores desde o planejamento produtivo, licenciamento ambiental, construção e adequação de tanques e açudes, aquisição de alevinos, manejo alimentar, despesca e comercialização.

Alegrete tem índice pluviométrico e clima favorável à criação de muitas espécies de peixes, fatores que favorecem a atividade. Além disso, nas unidades familiares de produção onde a atividade leiteira, pecuária de corte, horticultura e fruticultura já estão instaladas, existem açudes que são subutilizados para dessedentação animal e irrigação que podem ser adequados para também servir à criação intensiva ou extensiva de peixes comercializáveis, possibilitando um significativo incremento na renda anual da família.

Peixe, alimento Saudável produzido de forma Sustentável

Outro importante fator que favorece o investimento na criação de peixes, conforme a Secretaria de Agricultura e Pecuária, é a crescente demanda por alimentos saudáveis produzidos a partir de práticas sustentáveis de preservação do meio ambiente. A piscicultura, além de ofertar uma excelente proteína, rica em vitaminas, minerais e ácidos essenciais, contribui para a preservação dos peixes nativos que geralmente são pescados de forma predatória nos rios da região.

Os interessados podem se dirigir até a Secretaria da Agricultura e Pecuária que está localizada na Avenida Tiarajú, 1009, entre a Escola Estadual de Educação Básica Dr. Lauro
Dornelles e o Parque de Exposição do Sindicato Rural de Alegrete, e conversar com os profissionais para agendar uma visita técnica e receber melhores informações.”

DPCom PMA

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.