egua
Arquivo

Mesmo realizando o desfile de cavalarianos no 20 de setembro, o caso de mormo suspeito em Alegrete tem indícios de ser verdadeiro. Uma égua que está situada no Bairro Pedreiras, está com a doença segundo o resultado de exame que chegou à cidade no sábado. As autoridades competentes se reuniram com Ministério Público e assinaram um TAC – Termo de Ajuste de Conduta, se responsabilizando pela realização do desfile. O Prefeito Erasmo Silva falou com o repórter Dariano Moraes e informou que o Secretário Estadual de Agricultura disse que o animal possui anticorpos da doença. Nesta segunda-feira, sairá uma nota da Secretaria Estadual de Agricultura sobre a segunda análise do exame.

O animal permanece em confinamento. nenhum outro possui características da doença.

Compartilhar!