Diariamente motoristas registram perigo ao trafegar pela via estadual que até hoje não fora concluída e nem sabe-se quando isso vai acontecer. Em certos trechos, a estrada virou um atoleiro. Caminhões e ônibus sofrem mais.

A imagem abaixo mostra o estado em que se encontra a RS 566 em Alegrete.

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.