desfile alair
Supervisor Regional da Secretaria Estadual de Agricultura, Joal Pontes realizando a vistoria / Foto: Alair Almeida

 

A Juiza de Direito Vanessa Silva de Oliveira homologou o termo com a prefeitura de Alegrete e organização do Desfile Farroupilha, onde dizia que em caso de descumprimento da lei e exigências solicitadas, como a GTA – Guia de Transporte Animal em mãos, a revisão de todos os cavalarianos junto ao CTG Farroupilha, disponibilizar a segurança para o evento a multa seria de 100 mil reais.

Por isso, o transtorno e a demora em começar o desfile. As exigências se deram pelo fato da suspeita de mormo em uma égua na cidade.

Nesse ano o número de cavalarianos ficou bem abaixo do normal. Menos de 3 mil.

Pablo Marzulo / Redação Minuano Fm

Compartilhar!