negra

Desde o último dia 23, a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura do Alegrete, através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS Leste) está promovendo uma série de atividades alusivas ao dia da Consciência Negra, comemorado no último dia 20 de novembro. Foram programadas atividades para vários tipos de públicos, como crianças, trabalhadores da rede de assistência social e comunidade em geral.

Na tarde desta terça-feira (24), foi ofertada uma oficina de capoeira aos alunos da Escola Gaspar Martins, no salão do CRAS Leste. Na oficina, Clodoaldo Rodrigues, o Mestre Lindinho, contou a história do surgimento da capoeira, arte que é genuinamente brasileira. Além disso, explicou os tipos de capoeira e o porquê dos nomes de capoeira.

Após a aula teórica, a segunda parte da oficina foi o ensino da técnica, com os movimentos da capoeira, como a ginga, que é a movimentação básica, que tem como objetivo não oferecer ao oponente um alvo fixo.

Já nesta quarta-feira (25), a atividade foi uma roda de conversa que tinha como tema “O carnaval de Alegrete como manifestação cultural”. Representantes das escolas de samba da cidades deram suas contribuições para o debate que propunha trazer ao público um espaço para a reflexão e contação de histórias sobre a trajetória do carnaval em Alegrete.

A programação, que se estende até a próxima sexta-feira (27), traz ainda uma roda de conversa sobre religiões afro-brasileiras e um festival da cultura negra.

Confira a programação:

26 de novembro

8h30min – Roda de conversa sobre religiões afro-brasileiras, com o professor Bolívar Marini.

27 de novembro

8h30min – Festival da Cultura Negra

Compartilhar!