energia

Os gargalos e oportunidades da energia eólica vão ser apresentados detalhadamente à comunidade alegretense. Na manhã de segunda-feira (21), o Comitê Municipal Pró-Energia Eólica se reuniu no Salão Lilás do Centro Administrativo Municipal para a organização de um seminário sobre o tema no final de outubro voltado ao público local.

O seminário tratará sobre o plano de expansão da rede de distribuição de energia da Eletrosul na região, o case dos municípios onde já foram instalados parques eólicos, questões legais e licenciamento ambiental. Está confirmada a presença do diretor de engenharia da Eletrosul, Ronaldo Custódio, e a provável inauguração do primeiro anemômetro no município, que é o equipamento responsável por medir a intensidade dos ventos. A torre, que está sendo instalada na localidade do Ibirocai, fará a coleta de dados por três anos, conforme padrões do Ministério de Minas e Energia, sendo o primeiro passo para a criação de um parque eólico.

O evento será uma promoção da Prefeitura do Alegrete, capitaneado pelo Comitê Pró-Energia Eólica, em parceria com a Eletrosul, e terá sua realização no dia 29 de outubro, em local ainda a ser definido. Segundo a coordenadora do comitê, vice-prefeita Preta Mulazzani, o evento busca ampliar o conhecimento do munícipes quanto às possibilidades que se abrem com os investimentos na área: “precisamos nos preparar para utilizar ao máximo essa potencialidade e impulsionar a geração de emprego e renda. O seminário pretende sensibilizar os possíveis beneficiários e encaminhar adaptações em diversas áreas”, explica.

A próxima reunião para organização do seminário está prevista para segunda-feira (28), ocasião em que serão definidas demais pautas do seminário e encaminhamentos para a realização do evento.

Compartilhar!