O presidente Jair Bolsonaro nomeou nesta quarta-feira Onyx Lorenzoni para assumir o Ministério do Trabalho e Previdência. A nomeação surge junto com a recriação da pasta extinta em 2019 para o estabelecimento do superministério da Economia. As alterações foram oficializadas pelo Diário Oficial da União.

Com a mudança, Onyx ocupará o quarto ministério diferente em menos de três anos de governo. Na dança das cadeiras, Onyx deiou a Secretaria-Geral da Presidência para dar lugar ao general Luiz Eduardo Ramos, que deixou a Casa Civil, principal ministério do governo, para dar lugar ao senador Ciro Nogueira (PP-PI). De acordo com Bolsonaro, as trocas levam em conta a necessidade de buscar apoio no Congresso.

Compartilhar!