Foto: Pablo Marzulo

No final da manhã desta quinta-feira, o Exército Brasileiro e a Prefeitura procederam a inauguração do Monumento que é referência sobre a presença dos quartéis no município: um carro de combate blindado M41 que foi doado em 2014 pelo 6º RCB à Prefeitura como forma de homenagear a cidade que tão bem acolhe os militares. A antiga plataforma de combate do Regimento foi colocada em uma rampa especialmente construída na zona Leste, de frente para a avenida República Rio-Grandense, uma das principais vias de acesso à cidade.

Ao falar na inauguração do monumento, o coronel Fábio Cordeiro Pacheco, comandante do 6º Regimento de Cavalaria Blindado, disse que a entrega ao município do blindado M41 era revestida de grande simbologia tendo em vista o vínculo dos militares com a comunidade, a exemplo de Santa Maria. Destacou que o Exército está presente em Alegrete desde o início do século XX, tendo sido o 6º RCB o pioneiro, com suas instalações localizadas onde hoje é o 12º BE CMB BLD. Outras organizações vieram depois, por questões estratégicas em função da proximidade com a fronteira. Hoje, a realidade geoestratégica e geopolítica é outra, mas as unidades militares permanecem no município cumprindo missão estratégica e de apoio às comunidades da região, disse o comandante.

O blindado, embora seja uma plataforma de combate (uma arma de guerra), torna-se referência e reconhecimento à comunidade. Segundo o comandante coronel Pacheco, o blindado está localizado num lugar bastante representativo porque é porta de entrada do município e próximo ao parque de exposições onde os grandes eventos acontecem. Alegrete, informou o coronel Pacheco, é considerada a maior guarnição militar do Brasil não comandada por um oficial general, com seis unidades.

O prefeito Márcio Amaral, numa entrevista após a inauguração do monumento, relatou que tomou conhecimento de que o blindado estava desde 2014 no depósito da Prefeitura. Então, agilizou a preparação do espaço para ele ser colocado como cartão postal da cidade e pela importância do Exército Brasileiro para Alegrete, especialmente para a economia local. Lembrou também dos exemplos positivos aos jovens e à comunidade, especialmente em tempos de calamidades, quando o município mais precisa e os quartéis estão sempre prontos. Que a população dê o merecido respeito e valorize este monumento que ornamenta a cidade e é ponto turístico, foi o apelo do prefeito. 

Houve o canto do Hino Nacional, com a participação da banda militar, assim como o descerramento de uma placa alusiva contendo as especificações técnicas e a história do blindado. O ato foi prestigiado também pela presença de comandantes militares, secretários municipais Jesse Trindade Santos, Iara Caferatti, Gabriella Segabinazzi, Daniel Gindri, delegado regional de Polícia, Valeriano Garcia Netto, vereadores Celeni Viana e Moisés Fontoura; diretor do Museu do Gaúcho, Jeferson Leite; Airton Zuchetto Dutra, representando o deputado Frederico Antunes; presidente do diretório do MDB, Airton Pacheco do Amaral.; Luiz Felipe Oliveira, representando o secretário Jetter Souza e Haraceli Fontoura, representando a secretária Bianca Casarotto.

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.