Eles serão nomeados para antecipar a abertura dos presídios de Sapucaia do Sul e Alegrete

O governador Eduardo Leite anunciou o chamamento de 250 agentes penitenciários da SUSEPE visando a antecipação da abertura de vagas nos presídios, em especial no Alegrete e, em Sapucaia do Sul.
O líder do Líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes, comemorou o anúncio das novas vagas, em especial para o Alegrete, cuja a luta pela abertura do presídio é uma antiga bandeira política da sua atuação como parlamentar da região da Fronteira. 
De acordo com Frederico, a Secretaria Estadual de Serviços Penitenciários (Seapen), comandada pelo Secretário Cesar Faccioli, prevê que os novos servidores estejam aptos a trabalhar em um prazo de aproximadamente quatro meses. A estimativa leva em conta os períodos para nomeação e treinamento.
Conforme a Seapen, os agentes serão nomeados no Diário Oficial em até 40 dias. Depois disso, eles farão o curso de treinamento, na Escola do Serviço Penitenciário, em Porto Alegre, por 90 dias. Concluída essa etapa, começam a trabalhar nas casas prisionais gaúchas. A maior parte dos novos agentes será destinada aos presídios de Sapucaia do Sul e Alegrete, ambos em construção e com previsão de inauguração entre novembro e dezembro deste ano. 
“Essa é uma atitude que demonstra claramente a preocupação do Governo do Estado com o sistema prisional. E, em especial, atende à nossa reivindicação com relação ao presídio de Alegrete, pelo qual tanto trabalhamos”, disse Frederico. 
Para o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, o programa estruturante RS Seguro tem o sistema prisional como um dos principais eixos. E o chamamento dos novos agentes ajudará a atingir os objetivos nessa área.

Compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.