Obras de reconstrução de ponte, em Jaguari iniciam nesta quarta

ponte jaguari

As obras de reconstrução da ponte Júlio de Castilhos em Jaguari, que teve parte de sua estrutura rompida em maio de 2015, iniciam nesta quarta, 13, quando será instalado o canteiro de obras da Empresa EcoPontes, de Presidente Prudente, SP, que foi vencedora do processo licitatório promovido pela prefeitura, graças a um convênio firmado entre o governo do estado através do Daer-RS, e o município de Jaguari.

O anúncio do início das obras de reconstrução da ponte é do diretor da EcoPontes, engenheiro Fernando Húngaro – especialista em pontes de aço -, que juntamente com os engenheiros da empresa Caio Nastari e Fabrício Ripari, fizeram uma visita técnica na ponte sobre o rio Jaguari, após uma reunião na prefeitura com os engenheiros do Daer-RS Ricardo Vauden e Hugo Macedo, o prefeito Sidi Santos, o administrado da Secretaria Municipal de Planejamento Renato Bolzan, e o engenheiro do município Alan Minussi Pasini. Na ocasião, eles traçaram os principais passos a serem dados para a reconstrução da ponte.

De acordo com o diretor da EcoPontes, a empresa fará a recomposição do vão que caiu e a restauração do restante da estrutura da ponte. Após a instalação do canteiro de obras, conforme Fernando Húngaro, uma das primeiras ações será a mudança do local passarela instalada para permitir a passagem de pedestres, ciclistas e motociclistas, que hoje está no centro da ponte, colocando-a em uma das laterais para que os operários possam trabalhar através de andaimes móveis.

Fernando Húngaro anunciou que uma das inovações da ponte Júlio de Castilhos de Jaguari, com a sua reconstrução, será a utilização de um sistema de iluminação com energia renovável. “Utilizaremos um sistema de iluminação através de energia solar, com a instalação de placas fotovoltaicas em sua estrutura”, frisou o diretor da EcoPontes, salientando, no entanto, que o sistema convencional de iluminação, também permanecerá.

A previsão de conclusão das obras de reconstrução da ponte Júlio de Castilhos, em Jaguari, é de seis meses. “Pretendemos antecipar este prazo. Vamos trabalhar para entregar a comunidade jaguariense a ponte reconstruída, já no Natal de 2016”, apontou o diretor da EcoPontes. O projeto tem um custo de R$ 3,2 milhões.

Via Rádio Santiago AM

Compartilhar!


Comentar com Facebook