Empresa paulista fará a reconstrução da ponte de Jaguari

ponte jaguari

Foto: Ronald Mendes

A empresa paulista EcoPontes, sediada em Presidente Prudente, SP, é que fará a obra de reconstrução da ponte Júlio de Castilhos de Jaguari, que teve parte de sua estrutura rompida em maio de 2015, quando uma carreta bitrem tentava fazer sua travessia. A queda de parte da estrutura da ponte interrompeu a ligação de moradores do bairro Rivera com a região central da cidade e vice-versa, prejudicando, inclusive, empresas comerciais do bairro que tiveram que transferir suas instalações para o centro do município. Enquanto a ponte não fica pronta, foi construída ao lado uma passarela que permite a passagem de pedestres e de motociclistas e ciclistas, desde que carregando os veículos ao lado. O prejuízo, estimado pelo período de um ano no município, é de R$ 15 milhões no setor privado e de R$ 1 milhão no público

O anúncio da empresa que fará a obra aconteceu na última quarta-feira, 22, no gabinete do prefeito de Jaguari, quando o chefe do executivo municipal Sidi Santos (PT), na companhia do ex-prefeito João Mário Cristofari (PMDB), e do representante da empresa EcoPontes Jacir Linck.

A obra terá custo de R$ 3.224.200,00 – valor da proposta da empresa vencedora -, recurso esse oriundo do governo do Estado através de convênio entre a prefeitura de Jaguari e o DAER/RS, no dia 01 de abril deste ano no gabinete do governador do Estado José Sartori, no Palácio Piratini.

As assinaturas do contrato e da ordem de serviço serão feitas até a próxima semana. Depois, o projeto prevê seis meses para a execução das obras – por isso a previsão de conclusão até o fim do ano.


Comentar com Facebook